Calema: “Colocámos no álbum todo o nosso esforço, amor e carinho”

Chegou a vez dos Calema! A dupla apresentou no dia 20 de Outubro o seu novo álbum intitulado A.N.V.

Chegou a vez dos CalemaA dupla são-tomense apresentou pelas 22h do dia 20 de Outubro, o seu novo álbum A.N.V – A Nossa Vez. Produzido pela Klasszik e assumidamente Pop, o álbum de 14 faixas foi apresentado na Fnac do Centro Comercial Colombo, em Lisboa. Onde a Global Zouk Galaxy foi recebida de forma entusiástica e com enorme simpatia por parte dos artistas e staff. Simpatia essa que se prolongou pela actução e sessão de autógrafos diante de um público tranversal.

A actuação curta, intimista e forte, revelou uma proximidade quase familiar com o fãs. “Vai”, “A Nossa Vez” e o mais recente single “Regras” foram alguns dos temas do alinhamento.
A dupla de irmãos partilhou ainda histórias do ínicio de carreira, agradeceu à banda e ao público e ainda deu a provar o chocolate de São Tomé e Príncipe a alguns membros da plateia e imprensa.

Vê aqui um excerto da apresentação

Minutos antes de subirem ao palco, os Calema concederam à Global Zouk Galaxy uma curta entrevista:

GZG – Olá António, Olá Fradique! Antes de mais, parabéns pelo vosso álbum!
António – Olá, mano! Obrigado!
Fradique – Global Zouk Galaxy! Obrigado!
(respondem de forma entusiástica)

GZG – Vocês acabam de lançar este novo álbum intitulado A.N.V – A Nossa Vez. O sentimento é de missão cumprida?
Fradique – Mesmo!
António – Depois de dois anos, não é?
Fradique É verdade! Depois de dois anos de muito trabalho. Mas nós sentimos que é só o começo e há muita coisa boa a caminho. Esperamos que o público que até aqui nos tem dado apoio, continue connosco. Vamos precisar de todo o amor, todo o carinho e toda a força do Mundo.

GZG – A.N.V é já o vosso terceiro trabalho discográfico. De onde vem a inspiração para este álbum?
António  A inspiração vem do nosso percurso! O nosso trajecto desde há dez anos para cá está contido neste álbum. Colocámos todo o nosso esforço, amor e carinho. Fizemo-lo com carinho! Conseguimos trazer uma emoção nova, um conceito novo. E creio que os fãs vão poder viajar por ele e descobrir coisas novas. Por isso convidamos a todos a irem comprar o álbum e escutá-lo! Não se vão arrepender.

GZG – Os Calema vêm de um país pequeno, São Tomé e Príncipe, e agora “colecionam” dezenas de milhões de visualizações com a vossa música no YouTube. Sentem-se de alguma forma embaixadores da música de São Tomé e Príncipe no Mundo?
Fradique  Sim. Em parte, sim! Mas acima de tudo sentimo-nos responsabilizados. Há em nós essa responsabilidade de levar, não só São Tomé e Príncipe, mas também a música cantada em português, a música dos Palop pelo Mundo fora. Nós representamos a Lusofonia. Estamos aqui acima de tudo como lusófonos, como artistas que cantam em português, que têm raízes africanas. Somos são-tomenses, não negamos isso. Mas o nosso objetivo é unir. E é a língua portuguesa que nos une. Portanto, é um orgulho enorme poder representar São Tomé e Príncipe e cantar em português.

GZG – Dentro de alguns meses terão o vosso primeiro grande espetáculo, a 13 de Abril no Coliseu de Lisboa. Quais são as vossas expectativas?
António  As expectativas são sempre altas! Vão ser certamente momentos memoráveis. Vamos para a estrada com novos conceitos, novas ideias… E vamos fazer os fãs descobrirem as músicas do álbum “A Nossa Vez” ao vivo, que é algo extraoridinário. Vai ser espectacular!
António e Fradique – (risos)

GZG – Ok, Calema. Muito Obrigado!
António – Obrigado por nos seguirem!
Fradique – Obrigado. Eu meto sempre “Like” quando vocês nos identificam no Instagram (risos). Até já!

______

Texto / Fotografia: Nilton Martins
Encontra-nos aqui:

(419)

Calema: “Colocámos no álbum todo o nosso esforço, amor e carinho”

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>